Header Ads

>

Camila Brait usa tecnologia que ajudou Bolt e treina dois meses após dar à luz




Dois meses depois de dar à luz sua filha, Alice, Camila Brait está de volta aos treinos físicos e quer cumprir a meta imposta durante a gravidez de entrar em quadra ainda nesta temporada, para defender o Vôlei Nestlé na Superliga. Para isso, a líbero faz uso de uma tecnologia que já foi arma secreta de atletas como Usain Bolt, quando ele ainda competia: máquina de eletroestimulação muscular.

Brait retomou os treinamentos físicos na segunda semana de janeiro e quer matar logo a saudade da bola. Além de musculação e trabalho cardio, a atleta faz exercícios vestindo uma roupa que a liga à XBody, a tal máquina 'milagrosa'. A tecnologia, que já lhe ajudou a perder 18 dos 20 quilos que ganhou durante a gestação, é capaz de acionar até 350 músculos simultaneamente. E 20 minutos de treino com a roupa equivalem a três horas de musculação.

"No início, foi mais difícil deixar a Alice em casa e ir sozinha para o ginásio, mas sei que ela está bem cuidada com meus pais e a babá. Voltar a treinar é bom, embora no início os músculos sofram um pouco com a readaptação, mas é normal. Eu já estava com saudades do convívio com as meninas", conta a líbero, que treina na academia em um período do dia, mas faz o aquecimento na quadra, com as companheiras de equipe.

Além de Usain Bolt, jogadores de futebol do Real Madrid, como Benzema, fazem uso da XBody. Desenvolvida na Alemanha, em 2007, e produzida na Hungria, a máquina de eletroestimulação muscular começou a ser comercializada no Brasil no final de 2016. O Vôlei Nestlé é o primeiro clube de alto rendimento a utilizar o equipamento.

Brait se manteve ativa até o oitavo mês, principalmente fazendo pilates. "Esse maior recrutamento de fibras musculares ajuda a acelerar o recondicionamento físico. A meta era manter a flexibilidade e a resistência muscular. Para isso, ela se exercitou e obedeceu uma dieta. Agora é trabalhar com calma para que ela retome a vida de atleta com segurança e volte a jogar em alto nível", comenta o preparador físico Marcelo Vitorino, que acompanha a atleta.

O Vôlei Nestlé ocupa a quarta colocação na Superliga 2017/2018, com 38 pontos – 10 atrás do líder Dentil Praia. O próximo compromisso do time de Osasco (SP) será contra o Vôlei Bauru nesta sexta-feira, às 19h30, no Ginásio José Liberatti, fora de casa. O jogo é válido pela sétima rodada do returno.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.