Header Ads

>

Sesc/RJ supera Praia Clube e acaba com invencibilidade do rival





O Rio de Janeiro visitou o Praia Clube na noite desta terça-feira, em Uberlândia e acabou com a invencibilidade das donas da casa na atual edição da Superliga feminina de vôlei, que durou 20 jogos. Vice-líder da competição, o time comandado por Bernardinho mostrou bastante ousadia contra o adversário que figura na ponta da tabela e acabou vencendo por 3 sets a 2, parciais de 26/24, 25/18, 17/25, 16/25 e 15/6.
Mesmo com a derrota e o fim da invencibilidade no torneio, o Praia Clube garantiu a classificação como primeiro colocado da Superliga feminina. Restando apenas uma rodada para o fim da primeira fase, agora o time de Uberlândia espera encerrar o estágio inicial da competição com chave de ouro e, consequentemente, retomar a confiança para as partidas decisivas.
As duas equipes voltam em entrar em ação na próxima sexta-feira. O Praia Clube visita o Barueri, no ginásio José Corra. Já o Rio de Janeiro terá uma parada dificílima pela frente. A equipe comandada pelo técnico Bernardinho fará o clássico contra o Osasco, na Jeunesse Arena, na capital fluminense.


O jogo – A equipe do Praia Clube começou muito bem a partida. Visando se manter na ponta da tabela, o time abriu 8 a 5 no primeiro set e mostrou que o Rio de Janeiro teria dificuldades caso quisesse voltar para casa com o triunfo na bagagem. As comandadas de Bernardinho, no entanto, não se intimidaram e ensaiaram uma boa reação para fecharem a primeira parcial e ganharem moral no confronto.
No segundo set o Rio de Janeiro cresceu ainda mais. O Praia Clube sentiu o golpe, errou muito e permitiu ao time do carioca abrir oito pontos de vantagem. Em situação deliciada, o líder da Superliga feminina continuou a cometer erros importantes e viu as visitantes abrirem 21 a 12, encaminhando o 2 a 0 no marcador. A equipe comandada por Bernardinho, entretanto, vacilou na etapa final, mas não o suficiente para deixar de fechar a parcial em 25 a 18.
No terceiro set o Praia Clube se mostrou mais ligado, deixando o jogo mais equilibrado e levantando a torcida ao abrir 12 a 8 no placar. Aproveitando o deslize do Rio de Janeiro, que relaxou demais com o 2 a 0 no placar, o líder da Superliga feminina manteve uma baixa margem de erro até a última bola para levar a melhor na terceira parcial e seguir vivo na briga pela vitória em Uberlândia.
A reação das donas da casa ganhou ainda mais força no quarto set. O Praia Clube novamente se mostrou implacável em quadra e na busca por manter a sua invencibilidade na Superliga feminina se impôs diante do Rio de Janeiro para novamente levar a melhor, desta vez na quarta parcial e forçar o quinto e decisivo set.
Foi aí que hábito de conviver com momentos decisivos fez a diferença. Acostumado a disputar títulos e saber lidar com a pressão nas jogadas cruciais, o Rio de Janeiro teve a tranquilidade necessária para abrir boa vantagem no tie-break e manter o bom nível de jogo para fechar a partida em 3 sets a 2 ao vencer o quinto set por 15 a 6.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.