Header Ads

>

Pentacampeão! Sada Cruzeiro vence Lomas e conquista o pentacampeonato do Sul-Americano de Vôlei.




Cruzeiro conquista o pentacampeonato do Sul-Americano de Vôlei (Foto: Uarlen Valerio/O Tempo)

O Cruzeiro não teve dificuldades para conquistar o pentacampeonato do Sul-Americano de Vôlei. A equipe mineira venceu o Lomas, da Argentina, na noite deste sábado, por 3 sets a 0, com parciais de 25 a 19, 25 a18 e 25 a 20   A final da competição foi disputada no Ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros.

Cerca de quatro mil torcedores acompanharam a conquista cruzeirense na arena da cidade do Norte de Minas. O Cruzeiro, que havia vencido a competição continental em 2012, 2014, 2016, 2017 e agora em 2018, garantiu presença no próximo Mundial de Clubes, que será disputado em dezembro, na Polônia. Com mais esse título, a Raposa igualou as marcas dos clubes brasileiros Banespa e Paulistano, que eram as únicas equipes com cinco troféus do Sul-Americano.

O jogo

O confronto entre brasileiros e argentinos começou com o Cruzeiro dominando as ações em quadra. Enquanto a virada de bola do Lomas não funcionava, a equipe celeste abriu quatro pontos logo no início da partida, mostrando boa regularidade no saque. O ponteiro Pereira, que marcou 33 pontos na semifinal contra o Montes Claros Vôlei, teve três bolas paradas pelo bloqueio cruzeirense. Na metade do set, o técnico Marcelo Silva, do clube argentino, fez alterações, mas o rendimento da equipe hermana não evoluiu. Mesmo com o Lomas adquirindo confiança na virada de bola nos minutos finais da primeira etapa, o Cruzeiro conseguiu liquidar o primeiro set em 25 a 19.

A hegemonia celeste continuou na segunda parcial. As equipes até protagonizaram belos ralis, em alguns momentos, com o Cruzeiro convertendo a maioria das jogadas em pontos . Os saques do cubano Leal colocaram a bola na quadra adversária quatro vezes seguidas e fizeram a Raposa abrir vantagem de 7 pontos na metade do set. O técnico argentino até tentou aumentar a força do ataque ao trocar os ponteiros, colocando Imirroffi no lugar de Pereira. Porém, a força da equipe mineira não deu trégua, e o Cruzeiro venceu mais uma parcial, dessa vez por 25 a 18.

O terceiro set começou mais equilibrado. O Lomas voltou com postura agressiva e não deixou o Cruzeiro disparar no placar. Pela primeira vez na partida, o time argentino passou à frente no marcador, ao anotar oito pontos contra sete da Raposa. A queda da linha de passe do Cruzeiro contribuiu para a reação do Lomas. As equipes até protagonizaram um rali de 25 segundos no fim da partida, encerrado no ataque de Evandro, que explorou o bloqueiro para marcar mais um ponto para a Raposa. No entanto, os saques alternados dos cubanos o Simon e Leal fizeram o Cruzeiro chegar ao pentacampeonato ao fechar o set em 25 a 20.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.