Header Ads

>

Zé Roberto vê risco grande do vôlei do Brasil não estar entre os melhores no futuro







O Brasil se mantém entre as melhores nações no vôlei profissional há pelo menos 15 anos tanto no masculino como no feminino.

Mas esta realidade está sob risco. A avaliação é do técnico José Roberto Guimarães, convidado do programa Bola da Vez que foi ao ar nesta terça-feira (13/03)

Segundo ele, comandante da seleção feminina adulta desde 2003 e hoje treinador do Hinode/Barueri, a situação econômica fez com que os investimentos na base se reduzissem.

"No futuro a gente vai correr um risco bastante grande porque muitas seleções do mundo queriam saber ou vinham até Saquarema para saber o que as nossas seleções de base faziam. A situação econômica que estamos vivendo no Brasil levou também a confederação a reduzir alguns custos."

"Um deles foi exatamente o tempo de treinamento das seleções, os intercâmbios que faziam com outros países e isso faz com que se treine menos e jogue menos. Consequentemente, você vai ter um problema. Temos que tomar cuidado", afirmou.

No programa, o técnico também comentou a situação de Tiffany na Superliga, disse que não gosta de jogadoras que sorriem muito no jogo e comenta a falta de mulheres como técnicas no nível mais alto do profissional, entre outros assuntos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.