Header Ads

>

Alan acredita que faltou calma ao Sesi para rodar a bola na final da Superliga





O Sesi-SP perdeu em cinco sets para o Cruzeiro na primeira final da Superliga masculina de vôlei. O oposto Alan acredita que o time comandado por Rubinho pecou nos saques durante a partida no Ginásio Ibirapuera e que faltou calma para rodar melhor a bola.
"A gente sempre começou mal os sets, começamos atrás, tivemos que correr atrás. A gente manteve a calma, conseguimos buscar nos sets que a gente ganhou, mas, no quinto set, o saque deles foi bem regular e o bloqueio prevaleceu. Faltou um pouco de calma para rodar as bolas", comentou em entrevista à Gazeta Esportiva.
"A gente tem que errar um pouco menos de saque. A gente errou muito saque e o saque deles entrou. O nosso tem que entrar lá e, se isso acontecer, a gente desequilibra para o nosso lado", completou Alan.
Além disso ele explicou o motivo da equipe mineira ter conseguido se destacar nos bloqueios. Na análise dele, tudo se resume a como os paulistanos trabalharam a bola após o saque dos cruzeirenses.
"Com o saque deles entrando, o nosso passe fica bastante quebrado. Então para eles fica mais fácil de bloquear e o bloqueio deles é muito bom. Faltou um pouco de calma para trabalhar bem nessas horas, mas eles também têm mérito".

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.