Header Ads

>

Tandara quer Nestle Osasco errando menos rumo à final




A vitória do Vôlei Nestlé por 3 sets a 1 diante do Dentil/Praia Clube levou a série para o quinto jogo e, com isso, o jogo da próxima sexta-feira decidirá qual time vai ser o adversário do SESC RJ na final da Superliga Feminina. Mesmo com o triunfo, Tandara, oposta da equipe de Osasco, reforçou que precisam ter menos erros no confronto do próximo dia 06.
"Acredito que precisamos errar menos durante as partidas. Temos feito bons jogos também em Uberlândia (MG), (casa do Praia Clube), mas na hora do detalhe o que vale mesmo é o erro. Hoje diminuímos o número de erros e isso foi fundamental pra que a gente chegasse ao quinto jogo na série", afirmou a oposta.
Destaque da equipe de Osasco na partida desta segunda-feira, Tandara elogiou sua atuação e que o coletivo ajudou muito na sua boa performance." Acredito que hoje fiz meu melhor jogo na série porque usei a força e soube tirar no bloqueio. Tento sempre me concentrar antes da partidas para visualizar o que preciso fazer na hora do jogo".
No lado do Praia Clube, Fernanda Garay preferiu focar no equilíbrio nos confrontos diante do time de Osasco.  "Sabíamos que essa série seria difícil. Estamos jogando em alto nível e o time delas também está brigando para chegar na final. Hoje não conseguimos colocar o nosso melhor ritmo e, por isso, ficamos lutando sempre atrás no placar. O nosso jogo não saiu, mas acredito que em casa vamos ter condições de fazer melhor e conquistar a vitória".
As duas equipes tentam chegar na final para quebrar a hegemonia do SESC RJ. A equipe comandada pelo técnico Bernardinho venceu as cinco últimas edições e coma vitória na série contra o Camponesa/Minas, chegou a incrível marca de 14 finais consecutivas. Além disso, tanto o Volei Nestlé como o Praia Clube perderam a final da Superliga para o Rio de Janeiro em 2017 e 2016, respectivamente.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.