Header Ads

>

Após seis temporadas, cubano Leal deixa o Cruzeiro




Cubano Leal, destaque do Sada Cruzeiro, está de saída

Nos últimos, assistir aos jogos do Sada Cruzeiro/MG se tornou sinônimo de contemplar grandes atuações do ponteiro cubano Yoandy Leal. O jogador é um dos principais protagonistas desses anos de hegemonia mineira no vôlei masculino nacional. Mas, depois de seis anos no Brasil, no time que o recebeu de braços abertos após quase dois anos parado por ter deixado a seleção de Cuba (política esportiva do país), Leal está de saída.

A despedida aconteceu neste domingo (6), quando ele contribuiu diretamente para o hexa do Sada Cruzeiro na Superliga - quinto dele. No período em que vestiu a camisa celeste, colecionou ainda títulos continentais e até mundiais, além de Copas do Brasil e Supercopas. Isso além das premiações individuais, das quais Leal costuma sempre fazer parte.

"Sem palavras para o que está acontecendo. Foi sensacional. Esse ano foi difícil para o nosso time, mas nosso time tirou forças, conseguiu sair das situações difíceis e, com essa torcida nos incentivando o tempo inteiro, conseguimos sair campeões", disse Leal, que vestirá agora a camisa do italiano Civitanova, mesmo pelo qual jogará o levantador Bruninho.

Emocionado ao falar de sua despedida, o ponteiro do Sada Cruzeiro fez questão de agradecer a torcida e a todos os companheiros de time. "Estou muito agradecido por ter feito parte do Sada Cruzeiro durante seis anos. A trajetória aqui foi muito produtiva. Fico muito satisfeito por jogar sempre na frente desses torcedores que estiveram junto comigo o tempo todo. Foi meu último jogo frente à torcida e junto com meus companheiros e daqui a pouco vai dar um pouco de tristeza, mas uma coisa é certa: vou ter todos para sempre no meu coração", finalizou Leal, maior pontuador da partida contra o Sesi/SP ao lado de Evandro. Ambos marcaram 24 pontos.

Seleção Brasileira

Apesar do coração apertado de muitos em não poder acompanhá-lo mais de tão de perto, a saudade pode durar pouco. Naturalizado brasileiro em 2015, após incentivo do próprio Cruzeiro, Leal já está apto a defender a camisa nacional. Embora alguns jogadores tenham se manisfestado contra a presença dele na equipe, alegando que o Brasil já possui muitos talentos locais, técnicos e críticos acreditam que a convocação dele não vá demorar a acontecer devido ao elevado nível técnico do seu jogo e o claro poder de força no ataque e no saque.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.