Header Ads

>

Estados Unidos vencem Turquia no tie-break e conquistam a Liga das Nações





 


A seleção norte-americana feminina de vôlei conquistou o título da Liga das Nações neste domingo em Nanquim, na China. Na decisão, os Estados Unidos derrotaram a Turquia por 3 sets a 2, com parciais de 17/25, 25/22, 26/28, 25/15 e 15/7 e confirmaram o favoritismo após terem feito a melhor campanha da primeira fase.
O duelo foi um tira-teima entre as seleções na competição. A Turquia havia vencido as norte-americanas ainda na primeira semana da fase inicial por 3 sets a 2. Os Estados Unidos conseguiram a revanche pela fase final com uma vitória pelo mesmo placar. E agora, na decisão, as equipes fizeram mais um jogo com tie-break.
A equipe turca chegou à final dessa competição pela primeira vez em sua história e surpreendeu ao deixar nas semifinais a seleção brasileira, última campeã. O torneio até então levava o nome de Grand Prix, mas neste ano foi ampliado e passou a ser chamado de Liga das Nações.
Com a conquista, os Estados Unidos confirmaram a hegemonia que divide com o Brasil na competição. Desde 2008, as seleções se revezam com o troféu - com seis vitórias para as brasileiras e cinco para as norte-americanas. O Brasil também leva vantagem como maior vencedor do torneio, com 12 títulos no total. Os Estados Unidos agora possuem sete.
A sétima conquista veio com grande atuação de Kimberly Hill, que anotou 20 pontos. Michelle Bartsch-Hackley também fez um bom jogo, com 15 pontos no total. Pela Turquia, Meryem Boz e Eda Erdem Dündar, com 20 pontos, foram os grandes nomes.
As turcas chegaram a surpreender no início. Com a mesma concentração do duelo contra o Brasil, quando venceram por 3 sets a 0, elas abriram vantagem de 5 a 2 no placar. E sem dar chances para as favoritas, fecharam em 25 a 17. As norte-americanas reagiram no segundo. Em duelo marcado por bastante equilíbrio fizeram 25 a 22 e empataram a partida.
A Turquia voltou melhor no terceiro e abriu 22/17 no placar. Os Estados Unidos conseguiram a igualdade após um pedido de tempo. As turcas, no entanto, fecharam em 28/26. A partir daí, as norte-americanas não deram mais chances para o azar.
Com a possibilidade de perder a partida, o time dos Estados Unidos voltou mais agressivo para o quarto set e atropelou a adversária com um 25 a 15. A vitória embalou a equipe e ofuscou a equipe turca. No tie-break, a Turquia saiu na frente com dois aces, mas foi só. Os Estados Unidos voltaram a impor o ritmo, forçar o saque e fechar o bloqueio para confirmar a vitória e o título da competição.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.