Header Ads

>

Sesc-RJ anuncia contratação de Wallace e búlgaro Penchev




Buscando permanecer no pódio da Superliga a equipe do Sesc-RJ anunciou a contratação de cinco reforços para a temporada 2018-2019. Dentre eles estão o campeão olímpico Wallace Souza que estava no Taubaté. O oposto da seleção brasileira  tem uma grande história com a seleção brasileira de vôlei, conquistando a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos em 2011, em Guadalajara, no México. Em 2012, foi titular na equipe de Bernardinho, e finalmente, foi campeão olímpico no Rio de Janeiro, no ano de 2016.

"Temos tudo para termos uma excelente temporada. O time ficou bem montado, cada jogador tem talentos individuais que se complementam. Quero tentar ajudar a equipe da melhor maneira possível, ter um aproveitamento bom e auxiliar nas conquistas. O objetivo maior óbvio é chegar à final dos campeonatos e ser campeão" –,disse Wallace.

Primeiro estrangeiro no Sesc-RJ

Outra grande surpresa foi o anúncio do ponteiro búlgaro Rozalin Penchev, primeiro jogador estrangeiro na equipe do Sesc-RJ. O búlgaro iniciou sua carreira profissional no Effector Kielce, da Polônia. Depois, atuou na Turquia pelo Tokat Beledyle Pievnespor. No ano passado, estava na Argentina, sendo eleito o melhor jogador do campeonato local. Por sua seleção conquistou medalha de prata nos Jogos Europeus de 2015.

Superliga com 12 equipes

A Confederação Brasileira de Vôlei divulgou uma lista com as equipes que vão disputar a Superliga 2018-2019. No feminino estarão presentes as 10 melhores equipes da última edição da Superliga: Praia Clube (MG), Sesc-Rio, Minas Tênis Clube (MG), Osasco (SP), Barueri (SP), Fluminense (RJ), Pinheiros (SP), Sesi-Bauru (SP), São Caetano (SP) e Brasília (DF),além das duas melhores colocadas da Superliga B Feminina 2018, Curitiba (PR) e Camboriú (SC).

No masculino o mesmo critério, as 10 equipes melhores classificadas da última edição: Cruzeiro (MG), Sesi-SP, Taubaté (SP), Campinas (SP), Montes Claros (MG), Minas Tênis Clube (MG), Sesc-Rio, Ponta Grossa (PR) e São Bernardo (SP). Vôlei Ribeirão (SP) e Itapetininga (SP) também garantiram vaga por ser campeão e vice da Superliga B 2018. A equipe do Maringá (PR), décima primeira colocada na edição passada, completa a lista já que o Canoas (RS) desistiu de participar da Superliga .

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.