Header Ads

>

Resumo na rodada de estreia da Superliga feminina de vôlei






Até que enfim! A Superliga feminina de vôlei teve sua estreia nesta sexta-feira, quando aconteceu seis duelos pela primeira rodada da competição, com viradas, emoção e até mesmo vitórias tranquilas na competição, especialmente, para o maior vencedor da disputa.

SESC-RIO 3x0 CURITIBA 
O Sesc/RJ teve uma estreia tranquila. O adversário foi o Curitiba, equipe recém promovida à elite. Com uma atuação consistente, o time do técnico Bernardinho liquidou o rival por 3 sets a 0 (25/21, 25/20 e 25/11) no Tijuca.


O próximo jogo do Sesc/RJ será contra o Brasília, na terça-feira, às 19h30, novamente em seu ginásio. Já o Curitiba tem uma parada difícil diante do atual campeão, o Praia Clube, também na terça, às 19h30, em Uberlândia (MG).

SESI BAURU 3x0 BARUERI
A conquista do título paulista parece ter embalado de vez o Sesi-Bauru. O time do interior paulista teve dificuldades, mas passou pelo Hinode Barueri com uma vitória por 3 sets a 0, parciais de 27 a 25, 25 a 22 e 25 a 15, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru.

VÔLEI BALNEÁRIO CAMBORIÚ 0x3 DENTIL/PRAIA CLUBE 
O Praia Clube estreou com vitória na Superliga. Sem dificuldades, a equipe mineira passou pelo Vôlei Balneário Camboriú pelo placar de 3 a 0, com as parciais de 14/25, 18/25 e 16/25, no Ginásio Hamilton Linhares Cruz. 

BRASÍLIA VÔLEI 1x3 MINAS TÊNIS CLUBE 
O Minas foi surpreendido no primeiro set, mas conseguiu virar a partida sobre o Brasília Vôlei para 3 sets a 1, com as parciais de 25/21, 12/25, 14/25 e 23/25, no Sesi Taquatinga, Distrito Federal. 

PINHEIROS 3x1 FLUMINENSE 
O time paulistano pode dizer que se reabilitou, pois já atuou contra o Praia Clube. Voltou a jogar em casa, porém, desta vez, quem estreava na competição era o Fluminense. E a vitória foi das pinheirenses sobre a equipe carioca, por 3 sets a 1, de virada, com as parciais de 19/25, 25/22, 26/24 e 25/21, no ginásio Henrique Villaboin.

SÃO CRISTÓVÃO/SÃO CAETANO 1x3 OSASCO AUDAX 
Com a experiência de Mari Paraíba, Walewska e Hooker, o Osasco venceu o duelo por 3 sets a 1, com as parciais de 25/20, 21/25, 25/15 e 28/26, no Ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul. A levantadora Claudinha foi escolhida a melhor da partida pelo público que votou no site da Superliga

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.