Header Ads

>

Sesc RJ estreia em casa com vitória sobre o Caramuru





Pela segunda rodada da Superliga masculina de vôlei 2018/2019, o Sesc RJ estreou em casa, estreou sua principal contratação para a temporada, o oposto Wallace, e, diante de sua torcida, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), conseguiu sua segunda vitória. Depois de vencer o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) na primeira rodada, a equipe carioca bateu o Caramuru Vôlei (PR), na noite deste sábado (03.11), por 3 sets a 0 (25/20, 25/19 e 25/23).
Em sua segunda vitória sobre um time paranaense, o Sesc RJ contou com grande atuação de Wallace. Atento ao desempenho do oposto, o torcedor votou no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e elegeu o atacante como o melhor jogador da partida. Com o Troféu VivaVôlei em mãos, Wallace, falou sobre o sentimento na estreia.
"Tem sempre um friozionho na barriga, time novo, casa nova, mas sabemos que temos muito o que melhorar ainda. Foi meu primeiro jogo com o Thiaguinho (levantador do Sesc RJ), então tem bastante coisa a aprimorar, o que é natural. Jogar aqui vai ser bem legal, é um baita projeto, então, acredito que temos tudo para fazer uma grande temporada pela frente", comentou Wallace.
Após ser elogiado pelo técnico Giovane Gávio, o oposto da equipe carioca fez questão de retribuir os comentários. "O Giovane é o cara. Um bicampeão olímpico e não tenho nem palavras para falar sobre ele. Saiu há pouco tempo das quadras e entende bastante o nosso lado dos jogadores e tenho certeza que essa vai ser uma temporada bastante produtiva", complementou Wallace.
Pelo Caramuru Vôlei, o levantador Índio lamentou o resultado e alguns momentos específicos. "Acredito que tenha faltado um pouco mais de lucidez nas nossas decisões. Conseguimos jogar de igual para igual até o 18º ponto e depois desandou. Nosso saque não funcionou mais como devia, e a nossa equipe ainda tem que amadurecer nessa questão da tomada de decisão", comentou.
O capitão do time paranaense ainda falou sobre a necessidade de diminuir a quantidade de erros ao longo da partida. "Estamos fazemos encolhas erradas e temos que minimizar ao máximo a quantidade de erros, quanto mais contra uma equipe que é favorita ao título como o Sesc RJ. Isso é um processo longo, mas temos muita Superliga pela frente", concluiu Índio.
O Sesc RJ volta à quadra pela Superliga na próxima sexta-feira (09.11), às 21h30, quando enfrentará o Corinthians-Guarulhos (SP) na casa do adversário. A partida terá transmissão ao vivo do canal SporTV 2. Já o Caramuru Vôlei jogará em casa, no sábado (10.11), às 20h, contra o Sesi-SP. Esse duelo será transmitido ao vivo pelo Canal Vôlei Brasil (http://canalvoleibrasil.cbv.com.br).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.