Header Ads

>

Botafogo vence JF Vôlei em Juiz de Fora por 3 sets a 1





Irritado, oposto botafoguense Lorena teve que ser contido — Foto: Vinícius Serra/JF Vôlei

Confusão em quadra, árbitro passando mal, animador de torcida expulso do ginásio. O jogo entre JF Vôlei e Botafogo, pela quinta rodada da primeira fase da Superliga Masculina B, teve de tudo um pouco na noite deste sábado no ginásio da UFJF, em Juiz de Fora.

Em quadra, a equipe do Glorioso levou a melhor por 3 sets a 1, parciais de 25/22, 25/23, 18/25 e 25/18. Mas o que roubou a cena não foram os ralis ou pontos, e sim as paralisações por motivos diversos que prolongaram a partida.


Irritado, oposto botafoguense Lorena teve que ser contido — Foto: Vinícius Serra/JF Vôlei

No primeiro set, jogo equilibrado, com as duas equipes quase sempre próximas no placar: 25 a 22 para o Botafogo. Mas perto da metade da segunda parcial a confusão começou. Primeiramente, jogadores das duas equipes se desentenderam após um ponto dos visitantes. Pedro recebeu cartão amarelo pelo JF Vôlei e Lorena foi expulso. Segundo relatou a comunicação do JF Vôlei, após ser desqualificado da partida, o oposto alvinegro teria jogado água em um torcedor, que retribuiu a atitude e irritou o oposto. Aí a confusão se instalou em quadra.

E não ficou só nisso. Depois da situação ser contornada e os ânimos acalmados, o árbitro da partida se sentiu mal e solicitou atendimento médico, mas se restabeleceu e voltou a comandar a partida, que terminou com segundo set em 25 a 23 para o Glorioso. Ao todo, foram 25 minutos de paralisação.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.