Header Ads

>

Bruna Honório desequilibra em mais uma vitória do líder Itambé/Minas






Bruna Honório foi a melhor do jogo

O Itambé/Minas segue na liderança isolada da Superliga Cimed Feminina de vôlei. Com uma atuação de gala da oposto Bruna Honório e muito volume de jogo, o time do técnico Stefano Lavarini derrotou o Osasco/Audax por 3 a 1  (25/13, 25/18,  27/29  e 25/20), em 1h53min de jogo, nesta sexta-feira à noite, na Arena do Minas, em Belo Horizonte (MG), pela sétima rodada do returno da competição.

Com o resultado, as minastenistas chegaram aos 50 pontos (17 vitórias e 1 derrota), três pontos a mais que o vice-líder Dentil/Praia Clube, que também venceu na rodada. Osasco segue em quinto lugar, com 31 pontos (10 vitórias e 7 derrotas).

A oposto Bruna Honório, do Minas, foi a maior pontuadora do jogo, com 26 pontos (21 de ataque, 3 de bloqueio e 2 de saque) e, com 67% dos votos, foi eleita a melhor em quadra, faturando o Troféu VivaVôlei. Pelo Osasco, o destaque foi a oposto Hooker com 15 pontos (12 de ataque e 3 de bloqueio). A peruana Angela Leyva marcou 14 pontos (11 de ataque, 2 de saque e 1 de bloqueio). A segunda maior pontuadora do Minas foi a central Mara, com 13 pontos (8 de ataque e 5 de bloqueio).

- Foi uma grande atuação do time todo e quando todas jogam bem o nosso jogo flui. Eu ganhei o troféu, mas esse prêmio é para todos. Estamos crescendo. Ainda temos muito para crescer, tem muito campeonato pela frente - disse a oposto do time mineiro.


- A gente jogou muito abaixo. Para jogar contra um time contra o Minas não podemos errar tanto. Agora é estudar o Rio para fazer um bom jogo - disse a líbero do Osasco, Camila Brait, um dos destaques do time paulista na partida.

O Minas volta à quadra agora na próxima terça-feira, pelo Campeonato Sul-Americano de Clubes, competição em que o clube busca o bicampeonato, depois de ter vencido no ano passado - derrotou o Sesc RJ na decisão - e conquistado o direito de disputar o Mundial de Clubes, na China, em dezembro de 2018 - quando ficou com o vice-campeonato ao perder para o Vakifbank, da Turquia, na decisão. O time do técnico Lavarini estreia contra o Olympic Club, da Bolívia, na Arena do Minas, em Belo Horizonte, a partir das 20h.

Pela Superliga, o próximo adversário das mineiras é o Sesc RJ, dia 26.02 (uma terça-feira), às 21h, na Arena Jeunesse, no Rio de Janeiro, pela nona rodada do returno, com transmissão pelo site Globoesporte.com.

O Osasco também tem o Sesc RJ como próximo adversário, na próxima sexta-feira (22.02), no Ginásio José Liberatti, em Osasco (SP), pela oitava rodada do returno, com transmissão pelo SporTV 2.
Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.