Header Ads

>

Minas vence o Praia Clube e conquista de forma inédita a Copa Brasil de Vôlei




 

A Copa Brasil de voleibol feminino ganhou um novo campeão durante a noite deste sábado. Jogando no ginásio Perinão, em Gramado (RS), o Minas Tênis Clube derrotou o Dentil/Praia Clube, por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 16/25, 25/20, 25/21 e 25/18, conquistando um título inédito em sua história.

Esta, inclusive, é a primeira vez que uma equipe mineira levanta o troféu da Copa Brasil feminina, que em suas edições anteriores foi dominada por clubes paulistas e pelo Rio de Janeiro, maior vencedor da competição, com três títulos.
A maior pontuadora da decisão foi a ponteira Gabi, com 19 acertos. "Muito feliz pela partida, a equipe foi muito consistente. Quando todo mundo joga bem, o jogo flui. O Praia começou com o ritmo muito forte, nos colocando em dificuldade. A partir do momento em que começamos a sacar melhor, nosso jogo melhorou. Estou muito feliz que o time foi consistente e conquistou o título", disse a atleta ao Sportv.

Além de colocar dois times mineiros frente a frente, a decisão desta noite reuniu os dois líderes da Superliga 2018/2019. Ambas as equipes somam 38 pontos em 14 jogos, mas o Praia ocupa a primeira posição pelo saldo de sets.

Agora, Minas e Praia voltam seu foco para o principal campeonato do vôlei nacional. Pela quarta rodada do returno da Superliga, o time de Uberlândia recebe o São Cristóvão Saúde/São Caetano, na próxima terça-feira, às 20 horas (de Brasília). A equipe de Belo Horizonte, por sua vez, encara o Pinheiros às 21 horas do mesmo dia, em casa.

O Jogo – O primeiro set foi um passeio do Praia. Efetivas no ataque e sólidas na defesa, as comandadas de Júnior Paulo Barros ainda contaram com inúmeros erros do Minas para vencer por 25/16. Na segunda parcial, o jogo se inverteu: o time da capital mineira voltou ligado e, com Natália inspirada, empatou a partida com 25/20.

Diferentemente do Praia, o Minas manteve o ritmo intenso no terceiro set. Liderado por Natália e Gabi, o time dirigido por Stefano Lavarini abriu 12/8 rapidamente. No entanto, o Praia aproveitou alguns erros do Minas para encostar e, com um ace de Nicole Fawcett, empatar em 19/19.

Foi aí que a defesa do Minas entrou em ação para decidir a terceira parcial. Com dois pontos de bloqueio, a equipe de Belo Horizonte voltou a abrir vantagem e, aproveitando-se de duas bolas espanadas pelo Praia, fechou o set com 25/21.

O quarto set começou equilibrado, mas aos poucos o talento de Gabi passou a fazer a diferença para o Minas. Eficiente no bloqueio, a ponteira também não titubeava atacando. Quando não era ela, Natália colocava a bola no chão do Praia, que acusou cansaço na parcial. Resultado: o Minas aproveitou a queda de rendimento do rival para fechar o set e confirmar o título inédito.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.