Header Ads

>

Praia Clube bate Sesi-Bauru e volta a vencer na Superliga Feminina




Praia Clube fez boa exibição em casa diante do Sesi-Bauru — Foto: Praia Clube/Divulgação
O Praia Clube voltou a vencer na Superliga Feminina. E com propriedade. Jogando em casa, o time mineiro recebeu o Sesi-Bauru na noite desta sexta-feira, impôs o ritmo sobre a equipe paulista - apesar do susto no terceiro set - e venceu por 3 sets a 0 (parciais de 25/17, 25/18 e 26/24), em 1h30 de partida, na Arena Praia, em Uberlândia, pela quinta rodada do returno. A levantadora norte-americana Carli Lloyd foi eleita a melhor em quadra e ficou com o troféu VivaVôlei.

Com o resultado, Praia Clube vai a 41 pontos e segue na vice-liderança, três atrás do líder Minas. O Sesi-Bauru segue com 23 pontos, na sexta colocação. O Praia Clube volta à quadra na próxima segunda-feira e recebe o Pinheiros, às 20h30, na Arena Praia, em Uberlândia, no jogo de abertura da sexta rodada do returno. O Sesi-Bauru joga na terça-feira, às 19h30, contra o Curitiba, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru.

O jogo

As duas equipes começaram forçando bastante o saque. O Praia, no entanto, aproveitou melhor os contra-ataques com Fabiana e fez 6 a 2. O Sesi-Bauru respondeu com Diouf e Valquíria, mas o time mineiro se manteve à frente e abriu vantagem nos erros das paulistas: 10 a 5. Na boa passagem de Rosamaria no saque, o Praia aumentou para nove pontos em 19 a 10. Tranquilo, o time da casa manteve o ritmo, trocou pontos e fechou em 25 a 17, na China de Fabiana.

No embalo do primeiro set, o Praia fechou a porta e fez, novamente, 6 a 2. Atrás do placar, o Sesi-Bauru encostava, e o time da casa dava a resposta. Essa foi a tônica da parcial até a largadinha de Fabiana anotar 14 a 11 para o Praia. Com problemas na recepção, as paulistas sofreram no ataque e viram o Praia disparar: 18 a 12. O técnico Anderson até tentou mexer na equipe diversas vezes, mas a equipe não reagiu. Com o bloqueio bem ajustado, o Praia manteve a distância no marcador e fechou no ataque de Garay na entrada de rede: 25 a 19.

No terceiro set, as equipes seguiram ponto a ponto até o Praia soltar o braço com Garay: 9 a 7. Andressa e Edinara colocaram o Sesi-Bauru no jogo e viraram em 12 a 10. Com problemas na recepção, o Praia não reagiu, e o time paulista abriu quatro pontos em 17 a 13. O pedido de tempo do técnico Paulo Coco surtiu efeito, a defesa ajustou, o bloqueio também e o Praia empatou em 20 a 20. Com reta final disputa, o Praia jogou melhor os pontos decisivos, fechou o set com Garay na paralela em 26 a 24, e o jogo em 3 sets a 0.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.