Header Ads

>

Flamengo vence o Maringá e fica a uma vitória da Superliga





Flamengo vence o Maringá e fica a uma vitória da Superliga feminina de vôlei

O Flamengo venceu o Maringá neste sábado, por 3 sets a 0 (25/21, 25/15 e 25/15) no ginásio Chico Neto, em Maringá, e saiu na frente na série melhor de três jogos da semifinal da Superliga B. Há 17 anos fora da elite do campeonato nacional, o time rubro-negro agora está a uma vitória de disputar a temporada 2019/2020 da Superliga feminina. O próximo e decisivo jogo será no Rio de Janeiro, na quinta-feira, às 19h. 

No primeiro set, Maringá começou pressionando no saque, mas o Flamengo logo reagiu na defesa, com pontos de bloqueio, não deixando o adversário abrir vantagem no placar. O jogo foi muito equilibrado, disputado ponto a ponto, mas a equipe rubro-negra abriu vantagem na reta final e venceu o set por 25 a 21.

Flamengo entrou bem no segundo set, mantendo a diferença de 7 pontos no placar quase todo o jogo e não encontrou dificuldades de fechar o placar por 25 a 15, com 13 pontos de ataque.

Maringá entrou mais concentrado no 3º set e chegou a abrir 4 pontos de vantagem no início da partida, mas não conseguiu segurar o Flamengo, que explorou os erros de contra-ataque da equipe paranaense. Maringá ainda esboçou reação, mas o time carioca se manteve à frente no placar todo o set e fechou por 25 a 15. Destaque para a ponteira rubro-negra Jéssica, com 16 pontos, entre eles três de saque e um de bloqueio

O Flamengo leva a vantagem para o próximo jogo da série melhor de três da semifinal. Se vencer, garante a vaga na final e o retorno à elite da modalidade. Na próxima quinta-feira, 4 de abril, às 19h, o Flamengo recebe o Maringá na segunda partida da semifinal na quadra da AABB-Lagoa, no Rio de Janeiro, com transmissão ao vivo do Globoesporte.com.

No outro confronto da semifinal, Vôlei Valinhos venceu o Bradesco Esportes por 3 sets a 0, com parciais de 25/12, 25/19 e 25/17, e leva vantagem para 2ª rodada da semifinal.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.