Header Ads

>

Natália, do Itambé/Minas, tem fissura na costela confirmada





Natália marcou 12 pontos diante do Flu

Alerta ligado no Itambé/Minas para a reta final da Superliga Cimed feminina de vôlei. A ponta Natália teve uma fissura na costela confirmada.

Na quinta e na sexta-feira, ela foi poupada dos últimos dois treinos do líder do campeonato antes da folga de Carnaval.
O problema aconteceu na semifinal da Copa Brasil, em Gramado, após um choque entre Natália e Mara, um mês atrás, na tentativa de uma defesa. O curioso é que durante o tratamento, ainda em quadra no Ginásio Perinão, quem mais precisou de atenção foi a central, sentindo muitas dores nas costas. Na entrevista após aquela partida, Natália ainda brincou com o fato de ter trombado com um "caminhão" e ter saído quase ilesa.

Desde então, ela jogou com dores no local durante a Superliga e o Campeonato Sul-Americano. E sob efeito de medicamentos. Após dois exames de imagens não mostrarem nada e a jogadora seguir reclamando de dores, um terceiro acusou a fissura.

- Mais uma dorzinha, normal, né? Estou acostumada a conviver com dor, superar esse tipo de coisa. Foram quatro semanas com dor, mas consegui levar, treinando e jogando. Comecei a sentir mais dores nesta semana e vimos que tem uma fraturinha. Mas nesse período já joguei final, enfrentei Osasco, mas depois da partida contra o Sesc Rio as dores aumentaram - contou Natália ao Web Vôlei, em Belo Horizonte.

Vale lembrar que ela, mesmo com as limitações, foi eleita a melhor do jogo contra o Sesc.

O Minas ficou preocupado com o prazo de até um mês dado pelos médicos para que Natália esteja curada. Mas ela não dá qualquer indício de que perderá mais uma decisão contra o Dentil/Praia Clube, na semana que vem, em partida que deve definir o líder da Superliga na fase de classificação. Atualmente o Minas tem dois pontos a mais do que o time de Uberlândia, com mais três rodadas a disputar. Caso vença o arquirrival, ela até poderá se poupada, caso Stefano Lavarini prefira, até o início dos playoffs.

- Vai ser ótimo dar esse parada no Carnaval. A pegada estava muito forte desde início da temporada. A gente sempre brinca que precisava de mais tempo de folga. Tivemos cinco dias no Natal, então essa folguinha de três dias vai ser importante. Na sequência já temos o Praia novamente pela frente, um jogo importantíssimo pela diferença de pontos entre nós. Sabemos que vai ser jogo muito complicado. Então é descansar bem esses três dias para voltar bem - comentou a camisa 12, que passará o Carnaval no Rio de Janeiro.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.