Header Ads

>

Osasco vence Barueri fora de casa e vai à semifinal da Superliga









No primeiro e decisivo jogo da noite desta terça-feira, um jogão. Osasco e Barueri se enfrentaram pelo terceiro e último jogo da série das quartas de final da Superliga feminina de vôlei, e, mesmo jogando longe de sua torcida, no ginásio José Correa, em Barueri, foi o Osasco quem se impôs e levou a melhor por 3 sets a 1, com parciais de 25/22, 25/23, 23/25 e 25/23.

Com o resultado, a equipe visitante fez 2 a 1 na série, que havia começado com vitória do Barueri por 3 sets a 2 no primeiro jogo e reação do Osasco no segundo, vencendo pelo mesmo placar.

Esta será a 18ª vez consecutiva que o Osasco chega à semifinal da Superliga. O time não fica fora da fase final desde a temporada 2000/2001 e desde então, quando foi quinto colocado, acumula cinco títulos e dez vices.

Do outro lado, a equipe idealizada e comandado pelo técnico multicampeão José Roberto Guimarães, está há apenas três temporadas na elite do vôlei nacional e ainda não conseguiu avançar a uma semifinal.

A partida começou extremamente equilibrada, sem que as equipes conseguissem abrir vantagem considerável no placar. Na maioria das vezes, era Osasco que ficava à frente, mas o Barueri reagia imediatamente, seguindo na cola das adversárias. Apenas no final do primeiro set, o time visitante conseguiu colocar quatro pontos de vantagem, chegou ao set point e fechou a parcial, largando na frente.

O início do segundo set até foi parecido com o do primeiro, mas desta vez, o Osasco demorou menos para abrir vantagem e se impor, fazendo logo 11 a 6. A equipe se manteve na liderança, até que oscilou e permitiu a reação do Barueri, que empatou em 19 a 19. O final da parcial foi para lá de apertado e chegou a ficar empatado em 23 a 23. O Osasco, porém, fez valer a superioridade anterior, se impôs e conseguiu abrir 2 a 0 no jogo.

No terceiro set, o roteiro foi quase o mesmo, a não ser pelo desfecho. Depois de mais equilíbrio e das equipes se alternarem na liderança do marcador, foi a vez do Barueri se impor no final da parcial, chegar ao set point e diminuir a diferença, seguindo vivo no jogo.

Na quarta parcial, não faltou emoção. A palavra de ordem do jogo voltou a marcar presença: equilíbrio. Era impossível dizer quem conseguiria levar a melhor no set até o fim. Com a partida empatada em 23 a 23, o Osasco se impôs mais uma vez, chegou ao match point e não desperdiçou, sacramentando o triunfo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.