Header Ads

>

Sesi Bauru faz Panela de Pressão explodir com vitória sobre o Sesc





 
Sesi-Bauru


O Sesi Bauru foi o primeiro time com classificação inferior ao rival a abrir frente nos playoffs da Superliga Cimed feminina de vôlei. Sexto colocado na temporada regular, o time paulista superou o Sesc, terceiro, na noite desta terça-feira, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru, por 3 sets a 1, parciais de 25-23, 20-25, 25-17 e 25-23.

O jogo encerrou a primeira rodada das quartas de final. Itambé/Minas (1), Dentil/Praia Clube (2) e Hinode/Barueri (4) saíram na frente de Curitiba, Fluminense e Osasco/Audax, respectivamente.

A ponta Gabi Cândido foi eleita em votação dos internautas a melhor do jogo e ganhou o Troféu VivaVôlei.

O segundo confronto será sexta-feira, às 21h30, no Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ), e o terceiro, caso o Sesc dê o troco, será na terça-feira (dia 26) no mesmo horário e local. Todos os jogos terão transmissão pelo SporTV2.

O resultado desta terça-feira não deixa de ser uma surpresa. O Sesc vinha de uma vitória sobre o Dentil/Praia Clube, em Uberlândia, na última rodada da fase de classificação, comprovando ascensão na temporada. E deixou muito a desejar, principalmente no terceiro set e início do quarto.

Em um dos pedidos de tempo, já na parcial final, Bernardinho, entre várias broncas distribuídas, chegou a dizer: "Vocês estão despreparadas", reclamando de falta de concentração, erros em excesso no saque e até posicionamento errado em um rodízio.

Individualmente, o Sesc sentiu falta de dois pilares: Kosheleva e Bia. A ponta russa e a central tiveram atuações individuais abaixo da média e acabaram substituídas durante o confronto.

Do outro lado da quadra, o Sesi Bauru conseguiu diminuir a quantidade de erros, algo que incomodou demais o treinador Anderson Rodrigues em boa parte da temporada.

A destacar também uma estabilidade maior da linha de passe, outra pedra no sapato de Bauru em diversos momentos da Superliga. Mérito para a ponta Gabi Cândido, para a líbero Tássia e para a evolução de Tifanny, oposto que vem atuando como ponteira.

Por falar em Tifanny, ela foi a bola de segurança de Fabíola em boa parte da partida, voltando a ser decisiva como em boa parte da temporada passada. Assim terminou como maior pontuadora do jogo.

O vencedor desta série de playoffs encontrará na semifinal quem passar de Dentil/Praia Clube e Fluminense. As mineiras fizeram 1 a 0 jogando em Uberlândia.

– A gente saiu do último jogo com derrota. Precisávamos de vitória para entrar confiantes nos playoffs. Mas estudamos muito, estamos evoluindo a cada jogo e isso é importante nos playoffs – analisou Gabi Cândido.
Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.