Header Ads

>

Flamengo voltou: time vai à final da Superliga B e garante lugar na elite





 
O nervosismo, por vezes, pesou. Ainda assim, o caminho se apresentava livre para um retorno histórico. O Maringá bem que tentou estragar a festa, mas o Flamengo cumpriu sua parte e está de volta à Superliga Feminina de vôlei. Com uma atuação segura no ginásio da AABB, o Rubro-Negro soube controlar as rivais para fechar em 3 sets a 0, parciais 25/23, 25/16 e 25/17. Com o resultado, garantiu a vaga na elite e vai brigar pelo título da Superliga B contra Valinhos ou ACD/BRA.
Depois de vencer a primeira partida da semifinal, o Flamengo precisava apenas de uma vitória nesta quinta-feira para garantir seu lugar na próxima temporada da Superliga. Na elite, o Rubro-Negro vai tentar repetir o sucesso que o time de Virna e Leila conseguiu na Superliga em 2000/2001, quando foi campeão.
Desde então, o Flamengo não tinha uma equipe de vôlei feminino profissional própria na elite. Na temporada 2005/2006, o clube chegou a participar da competição em uma parceria com o Governo do Rio de Janeiro, emprestando a marca do clube, sem muito sucesso. No ano passado, voltou a investir na modalidade e, após sucesso na Superliga C, conquistou o acesso e agora busca o título da liga de acesso.
Angélica fez a torcida gritar pela primeira vez ao abrir o placar com uma largadinha. O início do set fez o time da casa achar que não teria assim muita dificuldade. Sem muito esforço, abriu 8/2 com tranquilidade. Mas, pelas mãos de Bia e Ana Paula, Maringá melhorou e chegou a diminuir a diferença para apenas um pontos, obrigando o técnico Alexandre Ferrante a pedir o tempo. Logo depois, porém, as paranaenses deixaram tudo igual. O time até acordou e abriu vantagem. Só que os erros voltaram a aparecer, e Maringá tomou a frente na reta final (23/22). Mas, ainda assim, o Flamengo levou a melhor na marra: 25/23, depois de uma cravada de Jéssica.
A facilidade do início sumira de vez. Na volta à quadra, o Flamengo abriu vantagem, mas o Maringá logo buscou e tomou a frente (8/6). Mas o time da casa se reencontrou. Com Angélica e Ju Mello afiadas, o Rubro-Negro disparou e abriu 17/11. O Maringá até ameaçou ir atrás mais uma vez, mas não teve forças. Com tranquilidade, o Flamengo fechou o segundo set em 26/16 e se aproximou ainda mais da vaga.
Faltava apenas fechar a conta. Àquela altura, apesar do esforço de Maringá, o Flamengo tinha o jogo em mãos. Sem muito esforço, fez o placar crescer de forma rápida. Levado pela torcida, o time garantiu a vitória e a sonhada vaga na elite depois de um cartão vermelho para o time rival: 25/17.
Agora, o Flamengo fará a final da Superliga B contra o vencedor do confronto entre Valinhos e ACD/BRA. Valinhos, após vencer a primeira partida por 3 sets a 0, tem a vantagem. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.