Header Ads

>

Minas conquista Superliga feminina de vôlei 2018/2019





Comemoração do Minas em Uberlândia

Vencedor do Campeonato Mineiro, da Copa Brasil, Sul-Americano e agora da Superliga. A fantástica temporada 2018/2019 do Itambé/Minas foi concluída, nesta sexta-feira, com chave de ouro.

No Ginásio Sabiazinho, em Uberlândia, vitória de virada sobre o Dentil/Praia Clube por 3 sets a 1, parciais de 17-25, 25-23, 25-14 e 28-26, fechando o playoff final em melhor de três em 2 a 0.

Foi a primeira conquista de Superliga do Minas desde a temporada 2001/2002. Uma longa espera para a torcida, que agora pode soltar o grito preso por tanto tempo na garganta. E com direito a uma "quádrupla coroa".

O primeiro set foi uma cópia da terceira e da quarta parciais da partida em Belo Horizonte. Com o saque pressionando demais o passe minastenista, o Praia abriu vantagem logo no início e jogou solto. O bloqueio voltou a pontuar demais. A diferença foi a presença ofensiva de Rosamaria e Michelle, enquanto no outro confronto Fawcett quase monopolizou a pontuação. Pelo lado mineiro, Macris esteve longe das grandes atuações da temporada, mostrando-se imprecisa em vários levantamentos.

O Minas começou em vantagem no segundo set, mas viu a reação do Praia acontecer após passagem de Michelle pelo saque e um bloqueio de Rosamaria em Mara. Stefano Lavarini então fez uma troca simples no levantamento (Bruninha no lugar de Macris) e pouco depois fez o mesmo na saída (Mara na vaga de Bruna Honório). Com as reservas, a equipe de BH tirou uma diferença de três pontos e contou com um momento de instabilidade de Fawcett (dois bloqueios tomados, um erro de ataque e outro de saque) para virar. O empate aconteceu já com Macris de volta ao time.

Já o terceiro set parecia o tie-break do jogo 1. O Praia sentiu demais o início avassalador do rival, viu o passe sucumbir, o ataque quase não passava mais pelo block e uma longa vantagem foi construída pelas visitantes. Paulo Coco trocou Lloyd por Ananda, Michelle por Ellen, Fawcett por Paula, Rosamaria por Lais... Mas a diferença no placar, que chegou a nove pontos na metade da parcial, não tinha mais como ser tirada. Um verdadeiro passeio minastenista para fechar em 25 a 14.

O quarto set, como esperado, foi tenso. O Praia incendiou o ginásio logo no início, após um longo rally, com belas defesas. Com 3 a 1 no placar, Lavarini pediu tempo.  Logo depois, recolocou Bruna Honório em quadra no lugar de Malu. E instantes depois viu a capitã Carol Gattaz sentir cãimbras nas panturrilhas e ser substituída por Mayany. O 7 a 4 a favor do time de Uberlândia parecia ser o início de um domínio. Mas em um piscar de olhos já estava 9 a 8 para o Minas, após o desafio corrigir uma marcação da arbitragem após ataque para fora de Michelle. O Praia, sem Fernanda Garay, lesionada, sentiu falta da americana Fawcett, maior pontuadora do primeiro jogo, e apagada no segundo. Aos poucos o Minas foi construindo boa vantagem, calando a maioria do Sabiazinho e se aproximando do caneco. Brioso, o Praia reagiu aos gritos de "Eu acredito", chegou a cortar a diferença para um pontinho, até empatar em 21 a 21 após ataque da capitã Fabiana, virar com ace de Carol e abrir frente com um bloqueio. O fim da parcial foi emocionante, com Gabi virando algumas bolas decisivas até Gattaz, de volta após as cãimbras, fechar no bloqueio em 28 a 26.

Dentil/Praia Clube: Lloyd, Fawcett, Rosamaria, Michelle, Carol, Fabiana e Suelen (líbero). Entraram: Lais, Ananda, Paula Borgo, Ellen. Técnico: Paulo Coco.

Itambé/Minas: Macris, Bruna Honório, Natália, Gabi, Carol Gattaz, Mara e Léia (líbero). Entraram: Bruninha, Georgia, Malu, Mayany. Técnico: Stefano Lavarini
Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.