Publicidade

Header Ads

Sheilla aceita convite do Minas com uma nova atuação

Sheilla ao lado de Ricardo Santiago e Carlos Henrique, presidente e vice-presidente do Minas — Foto: Divulgação

Sheilla aceitou o convite do Minas e está de volta ao clube. Desta vez, a atuação será do lado de fora das quadras, mirando um futuro como treinadora. O novo desafio faz parte de uma transição profissional pensando na aposentadoria como jogadora, que pode acontecer em março de 2022, após participar da liga norte-americana.

- Estou muito feliz de ser a pioneira desse programa incrível. Quero trazer minha experiência como atleta de uma vida inteira jogando no mundo todo para ajudar o Minas num programa que só tem a somar no esporte brasileiro. A gente quer que o esporte cresça e o Minas é pioneiro nisso. Estou amando ser a embaixadora", disse Sheilla após aceitar oficialmente o convite

A contratação da bicampeã olímpica faz parte do projeto "Programa Trainee Técnico-Gerencial Minas Tênis Clube". A ideia dos dirigentes é implementar um programa para capacitar atletas a se tornarem treinadores, tanto nas categorias de base quanto nos times profissionais. A expectativa é que outros nomes sejam anunciados ainda neste ano.

O cargo específico exercido por Sheilla no dia a dia do Minas ainda será definido, mas a tendência é que ela possa estar presente em várias atividades internas. A intenção do clube é contar com a experiência da jogadora também na formação de novas atletas, além de oferecer a estrutura que tem para ajudar a capacitar uma nova treinadora para atuar no mais alto nível.

Postar um comentário

0 Comentários