Header Ads

>

Molico Osasco e Sesi fazem 2º jogo das semifinais da Superliga




http://maquinadoesporte.uol.com.br/media/sesi_x_molico.jpg
O ginásio José Liberatti, em Osasco, estará lotado nesta sexta-feira, às 22 horas (de Brasília), para acompanhar a segunda partida da série melhor de três das semifinais da Superliga feminina. A equipe da casa, o Molico/Osasco, poderá carimbar o passaporte à final caso derrote mais uma vez o Sesi-SP que, por sua vez, precisa da vitória para forçar o terceiro confronto, já que perdeu o primeiro duelo na última semana, em plena Vila Leopoldina.
Naquela ocasião, as comandadas de Luizomar de Moura venceram por 3 sets a 2, com destaque para a atuação do bloqueio, fundamento no qual resultou em 27 pontos para o Osasco. Ivna foi a maior carrasca do Sesi-SP, com 25 acertos, sendo também a maior pontuadora do embate.
Eleita a melhor jogadora do primeiro encontro, a líbero Camila Brait convida a torcida a lotar o José Liberatti para empurrar o Osasco rumo à final da principal competição nacional. A atleta da Seleção Brasileira também quer um saque eficiente para deter os principais nomes do time rival.
"Não será um duelo fácil, porque teremos pela frente um adversário forte, mas contamos com a nossa torcida, que tem feito a diferença em todos os jogos, principalmente dentro de casa. Um bom saque ajudará a neutralizar as principais jogadoras. Nos momentos que enfrentaram nosso bloqueio, conseguimos pontuar e amortecer os ataques. Treinamos bastante nesta semana e estamos preparadas para encarar as eventuais mudanças de ataque das adversárias", declarou Brait.
Pelo lado do time da capital paulista, a oposto Bárbara avisou que o duelo tomou contornos de um jogo de "vida ou morte" para o elenco do Sesi-SP. A jogadora também espera um jogo sem erros para não repetir o mal resultado do embate na Vila Leopoldina.
"É um jogo de vida ou morte para o nosso grupo. Sabemos da nossa capacidade e analisamos muito o último jogo. Erramos demais naquela partida e precisamos diminuir o número de erros. Jogar em Osasco nunca é fácil, elas têm um grupo de qualidade e uma torcida apaixonada, mas estamos confiantes, focadas e treinando muito bem para esse confronto".

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.