Header Ads

>

Canadá atropela o México e embola grupo do Brasil




O Canadá não deu chances ao México na noite deste sábado, no Maracanãzinho, pela quarta rodada do vôlei masculino da Olimpíada. Com potência pelo meio e variedade de jogadas, os canadenses venceram os mexicanos por 3 a 0 (parciais de 25/20, 25/13 e 25/22) e embolaram o grupo A, do Brasil.
Com a vitória sobre o México, o Canadá chegou a seis pontos, assim como os brasileiros, a França e os Estados Unidos. A seleção comandada pelo técnico Bernardinho, porém, ainda entra em quadra neste sábado para enfrentar a Itália, que tem nove. Se vencerem, os meninos do Brasil empatam com os italianos. 
O canadense Nicholas Hoag explicou que a equipe norte-americano sabia da importância de pressionar o México para que embolasse o grupo do Brasil e seguisse com chance de ir à fase final.
- Tínhamos de vencer e pressionar o México. Não tinha outra opção para seguirmos vivos na Olimpíada. Agora, está tudo embolado no grupo - resumiu Hoag.
Mas antes do jogo entre Brasil e Itália, Canadá e México estiveram em quadra no Maracanãzinho. Os canadenses, que não tinham nada a ver com a péssima campanha mexicana, sem vitórias, foi para cima e não deu chances ao adversário. Desde as primeiras bolas, mostrou que mandaria no placar: fechou o primeiro set em 25/20.
Se o set inicial já havia sido tranquilo para o Canadá, o segundo foi ainda mais. Com Graham Vigrass inspirado, os norte-americanos mostraram grande variação de jogadas e contaram, também, com os erros adversários para fechar em 25/13. Os pontos do México foram marcados, a maioria, em bobeiras canadenses. 
Depois de dois sets de muita facilidade para os norte-americanos, o México resolveu jogar. E aí, deu trabalho. Mas nada que não pudesse ser superado pelos vencedores. Mais concentrado no fim do último set e errando menos, o Canadá conseguiu virar sobre os mexicanos e fechou a partida em 3 a 0, com 25/21;

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.