Header Ads

Sesi vence Juiz de Fora Vôlei fora de casa




O Sesi-SP não tomou conhecimento do Juiz de Fora Vôlei na décima rodada da Superliga Masculina. Apesar da resistência do time mineiro e do susto no terceiro set, os paulistas venceram por 3 sets a 1 (parciais de 27/25, 25/15, 24/26 e 25/17), em duas horas de partida, no ginásio da UFJF, em Juiz de Fora.
Com a vitória, o Sesi-SP chega a 23 pontos e encosta no líder Cruzeiro. O JF Vôlei estaciona com 16 pontos. Na próxima rodada, o JF Vôlei visita o Taubaté, na quinta-feira, às 21h55, no ginásio Abaeté, em Taubaté. O Sesi-SP recebe o Caramuru Vôlei, na quarta-feira, às 19h, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo.
Sesi-SP x JF Vôlei, Juiz de Fora (Foto: Bruno Ribeiro)
O jogo
Recheados de campeões olímpicos, como Bruninho, Douglas e Lucão, o Sesi-SP buscava um triunfo para se aproximar da ponta da Superliga. Só que o time paulista encontrou um JF Vôlei consistente no início do jogo. Com o oposto Renan Buiatti, maior pontuador da Superliga antes do início da partida, e o ponteiro Ricardo, que tem se destacado muito, o JF Vôlei ia bem na parte ofensiva. Na metade da primeira parcial, o time mineiro chegou a abrir 12 a 8, maior vantagem até aquele momento no set. Mesmo com o saque forçado do Sesi-SP, sobretudo com o oposto Théo, o time juiz-forano conseguia fazer o side-out e contava com os erros no serviço para manter a diferença. Perdendo em 20 a 17, o técnico Marcos Pacheco mexeu na equipe e fez a inversão do 5 em 1. As entradas de Rafa e Alan nas vagas de Bruninho e Theo surtiram efeito, e o Sesi-SP virou a parcial, fechando em 27 a 25, em ataque de Ricardo para fora.
O início do Juiz de Fora no segundo set foi bom. O time chegou a abrir 4 a 1, dando pinta de que a parcial seria equilibrada. Só que o time de Henrique Furtado não conseguiu manter a solidez do primeiro set. Assim, os paulistas viraram o marcador e não tiveram dificuldades para conduzir o set. Bem nas ações ofensivas e contando com alguns erros de passe e recepção do JF Vôlei, o Sesi-SP chegou a ter dez pontos de frente, construindo sua maior vantagem na partida. Após ataque na diagonal do oposto Alan, da saída de rede, o Sesi-SP fechou em 25 a 15.
JF Vôlei x Sesi-SP, Superliga, vôlei (Foto: Vítor Bara/JF Vôlei)JF Vôlei tentou aprontar para cima do Sesi-SP (Foto: Vítor Bara/JF Vôlei)
Atrás do marcador, o Juiz de Fora começou ligado no terceiro set. A instabilidade da equipe, tônica na segunda parcial, diminuiu, e o time se manteve à frente do placar por boa parte do set. No meio do período, o central Aracaju, do Sesi-SP, subiu para bloquear e, na queda, torceu o tornozelo direito. Gritando de dor, o jogador foi imediatamente levado para o vestiário, saindo de quadra sob aplausos. Depois da parada, o Sesi-SP equilibrou as ações, Douglas virou bolas importantes e a definição ficou para os pontos finais. Só que aí o maior pontuador da Superliga apareceu. Com duas pancadas da saída de rede, Renan Buiatti fechou o set em 26 a 24, mantendo o JF Vôlei vivo na partida.
O set vencido pelo JF Vôlei deixou a partida muito aberta. Os mineiros, com boa participação de Ricardo, começaram bem, mas não conseguiram administrar o marcador. Sem reação, a equipe da casa viu o time paulista disparar no placar. Com boas atuações de Douglas e Lucão, o Sesi-SP se manteve bem em quadra, fechar o set com tranquilidade em 25 a 17 e o jogo em 3 sets a 1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.