Header Ads

>

Praia Clube vence Sesi-SP sem dificuldades e segue 100% na Superliga




 

No duelo de extremos da tabela pela oitava rodada da Superliga Feminina, o líder Praia Clube visitou o lanterna Sesi-SP e fez prevalecer a boa campanha. Mesmo sem a ponteira Amanda, poupada, o time mineiro fez mais uma vítima na competição, e sem dificuldade: vitória por 3 sets a 0 (parciais de 25/17, 25/10 e 25/11), em 1h15 de partida, no ginásio do Sesi, em Santo André. Essa é a oitava vitória seguida do Praia na Superliga e oitava sem perder nenhum set. A equipe paulista, por outro lado, segue sem vencer. Virando tudo, Fernanda Garay foi eleita a melhor em quadra e levou o troféu VivaVôlei.

Com o resultado, o Praia Clube mantém a liderança isolada da competição com 24 pontos. O Sesi-SP segue na lanterna com apenas um ponto somado. Pela nona rodada, as duas equipes voltam à quadra na próxima sexta-feira. O time paulista visita o Pinheiros, às 19h, no ginásio Henrique Vilaboin, em São Paulo. O líder Praia Clube joga mais tarde, às 21h30, e recebe o Osasco, na Arena Praia, em Uberlândia.

  Praia Clube não encontrou dificuldades contra o Sesi (Foto: Everton Amaro/Sesi-SP)

Praia Clube não encontrou dificuldades contra o Sesi (Foto: Everton Amaro/Sesi-SP)

O jogo
O primeiro set começou com muitos erros das duas equipes. Quando acertaram, Praia e Sesi-SP exploram os bloqueios e pontuaram. Em ataque para fora de Fabiana, o Sesi-SP abriu vantagem em 8 a 6. A liderança, no entanto, durou pouco. Com Ellen no saque e Fabiana bem no ataque e no bloqueio, o Praia empatou e voltou a liderar em 9 a 8. A vantagem ainda chegou a quatro pontos em 14 a 10 e foi mantida durante boa parte do set. A ponteira Ellen, que começou jogando no lugar de Amanda, poupada com um desconforto na panturrilha, foi muito acionada na reta final e correspondeu. Novamente com a ponteira no saque, o time mineiro amentou a diferença sem sete pontos, em 22 a 15. Tranquilo, o Praia conduziu a parcial e fechou em Carla, explorando o bloqueio na saída de rede: 25 a 17.

O Praia entrou determinado no segundo set, principalmente Fernanda Garay, e abriu vantagem logo cedo: 3 a 0. Forçando o saque, as duas equipes cometeram erros, mas o time mineiro levou a melhor quando quebrou a recepção do Sesi-SP. O técnico José Rodolfo Lino tentou parar o jogo em 9 a 4, e arrumar a equipe. Não funcionou. Nem mesmo as tentativas de Neneca e Pri Heldes surtiram efeito. Melhor nos ralis e com Garay virando tudo, o Praia Clube controlou o marcador, aumentou a diferença e chegou a ter 21 a 8. Sem dificuldade, as visitantes trocaram pontos e fecharam o segundo set com Fernanda Garay: 25 a 10.

O Sesi-SP marcou o primeiro ponto do terceiro set em bloqueio de Pri Heldes, mas foi pouco. Garay entrou no saque e, com a esperteza do ataque para explorar os bloqueios, o Praia fez seis pontos seguidos: 6 a 1. O técnico parou o jogo e conseguiu, pelo menos, quebrar a sequência da ponteira. Mas as opções de ataque do Praia Clube funcionaram e a diferença se manteve confortável. Em dois bloqueios seguidos de Garay, o time mineiro chegou a nove pontos de vantagem em 16 a 7. José Rodolfo Lino parou o jogo pela última vez, mas o Sesi-SP seguiu errando mais no ataque e o Praia disparou. Em bloqueio de Natasha em Domingas, o Praia Clube fechou o terceiro set em 25 a 11 e o jogo em 3 sets a 0.


Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.