Header Ads

>

Sada Cruzeiro enfrenta velho conhecido neste sábado pela semifinal do Mundial d




O Cruzeiro terá de superar um velho conhecido para chegar à final do Mundial Masculino de Clubes, na Polônia, e permanecer na briga pelo tetracampeonato. O clube celeste abre as semifinais da competição, na moderna Tauron Arena, na Cracóvia, contra os russos do Zenit Kazan, às 14h30 (de Brasília). As duas equipes vão reeditar as decisões do Mundial de 2015 e 2016, sediadas no Brasil, que terminaram com triunfo celeste – o primeiro título da equipe mineira no torneio foi em 2013.

PUBLICIDADE
Para o levantador Nico Uriarte, que tenta seu primeiro título mundial com o Cruzeiro, já que chegou ao clube nesta temporada, o retrospecto não deve iludir os jogadores celestes: "O que interessa é o nosso time jogar bem. Para nós, é como se fosse uma final, e é uma decisão mesmo. Nosso time vem melhorando muito nas últimas partidas, estamos jogando bem e vamos confiantes para o jogo contra o Zenit Kazan".

O técnico Marcelo Mendez imagina o que aguarda a sua equipe neste sábado. "O time russo tem um ataque muito forte. Teremos que fazer um jogo coletivo muito bom, trabalhar bem nosso saque e também atuar bem no bloqueio", recomenda.

Satisfeito com o crescimento do time nas duas últimas partidas, depois da derrota na estreia, o comandante cruzeirense acredita que a experiência do grupo tem sido fundamental: "Vamos jogar em um local diferente, longe da nossa torcida, mas todos os nossos jogadores são bem experientes, rodados e têm consciência da nossa meta neste Mundial de Clubes".

O Cruzeiro não apenas representa Minas Gerais e o Brasil na Polônia como também todo o continente sul-americano, já que os demais semifinalistas são todos europeus. O outro duelo reúne o italiano Lube Civitanova, que foi o líder do Grupo A, o do Cruzeiro; e o polonês Skra Belchatow, em partida marcada para começar às 17h30 (de Brasília).

GINÁSIO

A Tauron Arena, local da partida desta tarde, deixou impressionados os jogadores celestes. "É um ginásio moderno, bonito, muito grande. Disseram que é um dos melhores da Europa, e é lindo mesmo. Já estamos na expectativa de jogar aqui e fazer o nosso melhor", disse o ponteiro Filipe, que espera lotação máxima nesta tarde: "O povo polonês é mesmo apaixonado por voleibol. A gente já sentiu isso em Opole, na outra sede, onde fomos recebidos muito bem. E aqui na Cracóvia o ginásio também deverá estar lotado".

Sábado

SEMIFINAIS

14h30    Cruzeiro x Zenit Kazan
17h30    Lube Civitanova x Skra Belchatow

Domingo

14h30    Disputa de 3º lugar
17h30    Final

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.