Header Ads

>

Brasil tem dois jogadores na seleção do Mundial de Vôlei Masculino




 

O Campeonato Mundial de Vôlei Masculino acabou no último domingo (30). O título foi da Polônia, que venceu o Brasil por 3 sets a 0 na final, disputada em Turim. As seleções finalistas tiveram, ao todo, cinco dos sete representantes na Seleção do torneio. Da equipe, três são poloneses e dois são brasileiros.
Douglas Souza (ponteiro) e Lucão (central) foram os brasileiros nomeados para a seleção do campeonato. Em entrevista à FIVB (Fédération Internationale de Volleyball; Federação Internacional de Voleibol, em tradução livre), Douglas falou sobre o misto de sensação – perder a final e ser indicado para a equipe dos sonhos do certame. "É difícil falar sobre esse sentimento, esse misto de tudo. O Brasil fez uma campanha incrível no Mundial de Vôlei Masculino e sair bem na final com uma derrota dessas é bem ruim. Alguns atletas estão saindo e não mereciam terminar com um tropeço desses, é complicado. Ao mesmo tempo, estou bem orgulhoso do nosso time. Conseguimos dar a volta por cima e sair de situações difíceis. Tudo isso é muito importante para os próximos ciclos da Seleção Masculina de Voleibol Masculino", finalizou.
Confira abaixo a seleção do Campeonato Mundial de Vôlei Masculino de 2018:
Levantador: Micah Christenson (Estados Unidos)
Oposto: Matt Anderson (Estados Unidos)
Central: Lucão (Brasil)
Central: Piotr Nowakowski (Polônia)
Ponteiro: Douglas Souza (Brasil)
Ponteiro: Michal Kubiak (Polônia)
Líbero: Pawel Zatorski (Polônia)
Curiosamente, o MVP (Most Valuable Player; jogador mais valioso, em tradução livre) é um atleta da Polônia que não foi eleito para a seleção do torneio. Quem conseguiu a honraria foi Bartosz Kurek, que pode atuar como ponteiro ou como oposto

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.